quinta-feira, 23 de outubro de 2014

A CAMINHADA DA VIDA


Na caminhada da vida, aprendi que nem sempre temos o que queremos. 
Porque nem sempre o que queremos nos faz bem. 

Foi preciso as dores, para que eu aprendesse com as lágrimas. 
Foi necessário o riso, para que eu não me enclausurasse com o tempo. 
Foi preciso as pedras, pra que eu construísse meu caminho. 

Foram fundamentais as flores, para que eu me alegrasse na caminhada. 

Foi imprescindível a fé, para que eu, não perdesse a esperança. 
Foi preciso perder, para que ganhasse de verdade. 
Foi no silencio que fui ouvido com clareza. 

Pois sem provas não tem aprovação. 
E a vitória sem conquista é ilusão. 
E a maior virtude dos fortes é o PERDÃO.
Postar um comentário